Quem sou euLions Clube de Itapetininga O LIONS CLUBE DE ITAPETININGA foi fundado em 05.06.1956, por

Minha foto

LIONS é representado por mais de 1.35 milhão de  associados unidos em mais de 46.000 clubes em 208 países.
Os Leões, como são chamados, atendem às necessidades de nossas comunidades locais e em todo o mundo.
 Todos nós acreditamos no mesmo ideal: a comunidade é o que fazemos dela.

Quando entra para o Lions, você participa de uma rede de serviços global. Então, ao mesmo tempo em que está realizando serviços comunitários locais, você pode também contribuir com os esforços voluntários do Lions ao redor do mundo.

22 de jul de 2011

Reunião realizada em 21.07.2011



CaL Maria José, CL Wilson, CL Elezier 
DM Teca, DM Sonia, DM Yolanda, CaL Edwiges 
CaL Rose, CaL Lucia, DM Ana, Convidado Murad Karabachian 
CL Newton, CL Clóvis, CL Zezé

Instrução Leonística
O PRAZER DE SERVIR

Toda a natureza é um anelo de “serviço”.
Serve a nuvem, serve o vento, serve o sulco.
Onde houver uma árvore para plantar, planta-a tu;
onde houver um erro para corrigir, corrige-o tu;
onde houver tarefa que todos recusam, aceita-a tu.
Sê quem tira a pedra do caminho,
o ódio dos corações e as dificuldades dos problemas.
Há a alegria de ser sincero e de ser justo;
há, porém, mais que isto, a formosa, a imensa alegria de servir.
Como seria triste o mundo se tudo já estivesse feito, se não houvesse uma roseira para plantar, uma iniciativa para tomar.
Não te seduzam as obras fáceis.
É belo fazer tudo que os outros se recusam a executar.
Não cometas, porém o erro de pensar que só tem merecimento o executar as grandes obras;
há pequenos préstimos que são bons serviços;
enfeitar uma mesa,
arrumar uns livros,
pentear uma criança.

Aquele critica, este destrói, sê tu quem serve.

O servir não é próprio dos seres inferiores.

Deus, que nos dá o fruto e a luz, serve.

Poderia chamar-se: O Servidor.
E tem seus olhos fixos em nossas mãos
e nos pergunta todos os dias: serviste hoje?
A quem?
À árvore, ao teu amigo, à tua mãe?

O prazer de Servir de Gabriela Mistral
Gabriela Mistral, pseudónimo escolhido de Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga (Vicuña, 7 de abril de 1889 — Nova Iorque, 10 de janeiro de 1957), foi uma poetisa, educadora, diplomata e feminista chilena. Foi agraciada com o Nobel de Literatura de 1945.

Nenhum comentário:

Postar um comentário